Pesquisar este blog

Compartilhe



sábado, 1 de abril de 2017

Dia 27 - Roteiro Quaresmal 40 dias no Deserto

Ao início da meditação de cada dia, reze: Senhor, no silêncio desta hora de graça, venho pedir-te a paz, a sabedoria e a força. Quero olhar o mundo com olhos cheios de amor. Quero ser paciente, compreensivo, manso e prudente. Quero ver além das aparências teus filhos como tu mesmo os vês e, assim, Senhor, ver senão o bem em cada um deles. Fecha meus ouvidos a toda calúnia. Guarda minha língua de toda maldade. Que só de bênçãos se encha minh'alma. Que eu seja tão bom e tão alegre que todos aqueles, ao se aproximarem de mim, sintam tua presença. Reveste-me de tua beleza, Senhor, e que, no decurso desse dia, eu te revele a todos. Dá-me, assim, pelo Espírito Santo, viver o dia de hoje em comunhão contigo, em atenção ao que se passa comigo e vigilante diante dos desvios do caminho. Inspira-me com tua luz, defende-me com tua graça, santifica-me com teu amor. Invoco o preciosíssimo Sangue de Jesus para que me guarde, a intercessão da Mãe Santíssima para que me valha em todas as horas e a proteção dos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael na jornada deste dia. Em nome de Jesus. Amém.

27º Dia – Sábado, 1º de abril: QUEBRAR “Em seguida, tomando o bezerro que tinham feito, queimou-o e esmagou-o até reduzi-lo a pó, que lançou na água e a deu de beber aos israelitas.” (Êx 32, 20) Assim como no “romper”, quebrar também está em vista de uma vida mais liberta e, consequentemente, mais plena e feliz, ainda que de imediato não pareça. O peregrinar do povo de Israel pelo deserto foi um longo caminho para se libertar de seus ídolos e eles eram bem maiores, mais sutis e poderosos que o bezerro de ouro, que confeccionaram num determinado momento. Quando Moisés quebrou o tal bezerro, reduzindo-o a pó, fazendo o povo beber daquela água (Êx 32, 20), indicava que a verdadeira idolatria estava no interior de cada um deles e era isso que precisava ser quebrado. Muitos outros acontecimentos se seguiram após este fato. Não foi sem motivo que aquele povo esteve errante pelo deserto durante quarenta anos. Quebre o que quebra você, pois tudo começa no seu interior. O maior ídolo é o “ego”, daí, o egoísmo. E a mente é poderosa para fabricar estes subterfúgios. Vale a pena conferir o livro do jesuíta Anthony de Mello, “Quebre o ídolo”. Há algo a ser quebrado dentro de você, para que Deus seja Deus em sua vida e você seja mais livre? Medite no Salmo 106 Reze: Quebra todo ídolo em meu interior!

Autoria Padre Sergio

http://www.padresergio.com/

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...