Pesquisar este blog

Compartilhe



quinta-feira, 23 de março de 2017

Dia 18 - Roteiro Quaresmal 40 dias no Deserto

Ao início da meditação de cada dia, reze: Senhor, no silêncio desta hora de graça, venho pedir-te a paz, a sabedoria e a força. Quero olhar o mundo com olhos cheios de amor. Quero ser paciente, compreensivo, manso e prudente. Quero ver além das aparências teus filhos como tu mesmo os vês e, assim, Senhor, ver senão o bem em cada um deles. Fecha meus ouvidos a toda calúnia. Guarda minha língua de toda maldade. Que só de bênçãos se encha minh'alma. Que eu seja tão bom e tão alegre que todos aqueles, ao se aproximarem de mim, sintam tua presença. Reveste-me de tua beleza, Senhor, e que, no decurso desse dia, eu te revele a todos. Dá-me, assim, pelo Espírito Santo, viver o dia de hoje em comunhão contigo, em atenção ao que se passa comigo e vigilante diante dos desvios do caminho. Inspira-me com tua luz, defende-me com tua graça, santifica-me com teu amor. Invoco o preciosíssimo Sangue de Jesus para que me guarde, a intercessão da Mãe Santíssima para que me valha em todas as horas e a proteção dos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael na jornada deste dia. Em nome de Jesus. Amém.

18º Dia – Quinta-feira, 23 de março: OUVIR “Por isso, como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações...” (Hb 3, 7-8) Certa vez ouvi uma defnição de diálogo que me tocou e que guardei, procurando nela me inspirar para falar e ouvir. Nem sempre dou conta de segui-la, mas ela continua a me desafiar: diálogo é a palavra que atravessa o coração! E quando se fala de palavra, não é apenas o que se fala, mas a realidade do outro, da vida como um todo. Ouvir é, assim, acolher a realidade, passando-a no cora- ção, como fez Maria que “conservava todas estas coisas meditando sobre elas em seu coração” (Lc 2, 19). A meditação, como desdobramento da escuta, permite à alma discernir sobre o que deve ser guardado e o que deve ser afastado. Há pessoas que guardam tudo indistintamente e até pior: guardam o que adoece, o que machuca. O que você tem ouvido e o que você tem guardado? Só lembrando: o verbo ouvir aparece 1085 vezes na Bíblia. Dá pra perceber que ele é essencial, não é verdade? Medite em Tiago 1, 22-27 Reze: Efatá! Abre meus ouvidos, Senhor!

Autoria Padre Sergio

http://www.padresergio.com/

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...