Pesquisar este blog

Compartilhe



terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Sementes de fé - 28/02/2017

Querida família, a Paz de Cristo!

Amanhã, quarta-feira de cinzas, iniciamos o tempo quaresmal. Desde o Antigo Testamento, as cinzas são um símbolo da morte, da dor, do arrependimento, da penitência e do desejo de conversão para demonstrar a disposição pessoal de se reconciliar com Deus. Elas significam a transitoriedade da vida humana sobre a terra e, ainda, o sentido passageiro da realidade material. "Porque tu és pó e ao pó hás de voltar" (Gn 3,19). No Novo Testamento, também as cinzas aparecem com o mesmo significado. Jesus diz aos que renegaram o anúncio da Boa Nova: "Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Se em Tiro e em Sidônia se tivessem realizado os milagres que foram feitos no meio de vós, há muito tempo teriam demonstrado arrependimento, vestindo-se de saco e cobrindo-se de cinzas" (Mt 11,12).

Amanhã é também dia de jejum e abstinência: renunciar a uma porção de alimento e não comer carne. Essa ação externa e material, visa a nos dispor para a interior, ou seja, o verdadeiro jejum é aquele do pecado e a verdadeira abstinência é aquela das paixões da carne. O jejum diz respeito aos maiores de idade até aos 60 anos.

Oremos: "Mostrai-me, ó Deus, vossos caminhos, e ensinai-me as vossas veredas".

Nossa Senhora do Brasil, rogai por nós, com a bênção da Santíssima Trindade: Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

 

Monsenhor Antônio José de Moraes

Pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Brasil

 

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...