Pesquisar este blog

Compartilhe



sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Mensagem para o Natal de 2016

by Padre Paulo Ricardo - Christo Nihil Praeponere     

"Se conhecesses o dom de Deus…" (Jo 4, 9). É com essas palavras cheias de ternura que Jesus, dirigindo-se àquela samaritana pecadora, manifesta a todos e a cada um de nós o seu desejo ardentíssimo de que O conheçamos e amemos de todo coração. Ora, esse desejo do Senhor encontra sua plena realização no Coração Imaculado da Virgem Maria, que, mais do que qualquer outra criatura, conhece e ama entranhadamente o dom que o Pai celestial entrega hoje, envolto em panos numa pobre manjedoura, a Ela, sempre unida ao Filho, e à família humana, dispersa pelo pecado.
O Natal deste ano de 2016, com efeito, se reveste de especial alegria devido ao Ano Mariano que vimos celebrando desde meados de outubro, em comemoração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. A Igreja nos concede, assim, a oportunidade de vivermos com mais intensidade e consciência essa presença efetiva de Maria Santíssima, que, gloriosa, reina em corpo e alma ao lado dAquele que a quis por Mãe sua, segundo a carne, e Mãe nossa, segundo a graça [1].
Por isso, a exemplo de São João, o discípulo amado que a acolheu em sua casa (cf. Jo 19, 27), recebamos a Maria em nossa vida e intimidade, aprendamos dela a amar Jesus e a honremos com piedade filial, com um culto de amor sincero e humilde gratidão, de invocação confiante e perseverante imitação, de escravidão voluntária e cotidiana devoção. Ao longo deste próximo ano, façamos da Ave-Maria e da Salve Rainha, do Angelus e do Rosário, das ladainhas e da Medalha Milagrosa nossas principais armas na luta contra o pecado e o egoísmo que parasita nossa alma.
Aprendamos também a refugiar-nos em Maria nos momentos de dor e sofrimento, pois Ela, a Estrela do Mar que nos ilumina e indicia o Caminho (cf. Jo 14, 6), não pensando e querendo senão o que Deus mesmo pensa e quer, ama todas as coisas e não odeia nada do que por Ele foi feito (cf. Sb 11, 24).
O Natal é festa de luz, e essa luz, que é o Cristo que nasce, é também a luz da que brilha no Coração maternalmente misericordioso de Maria [2], a quem devemos acudir e recorrer com tanto mais pressa e confiança quanto mais espessas forem as trevas ao nosso redor. Que a luz da fé, durante todo este Ano Mariano, nos ilumine e aqueça nosso coração, para que, pela intercessão da bem-aventurada e sempre virgem Maria, Nossa Mãe e Senhora, nos saibamos sempre amparados por Aquele que, descendo hoje dos Céus, não abandonará jamais os que adotou (cf. Mt 28, 20) [3].
Um feliz e santo Natal do Senhor!
São os votos do Padre Paulo Ricardo e de toda a equipe Christo Nihil Praeponere.

Referências

  1. Cf. Gabriel M. Roschini, La Madre de Dios según la Fe y la Teología. Trad. esp. de Eduardo Espert. 2.ª ed., Madrid: Apostolado de la Prensa, 1958, vol. 2, p. 541.
  2. Cf. Id., p. 407.
  3. Cf. Leão Magno, De Resurrectione Domini II, c. 3 (PL 54, 392A).
Fonte:


Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...