Pesquisar este blog

Compartilhe



terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Pais, eduquem seus filhos na Lei de Deus

Mensagem do padre Arlon Cristian, no programa "Sorrindo pra Vida", da TV Canção Nova, desta terça-feira, dia 24 de fevereiro de 2014.



Você também encontra o áudio completo do programa "Sorrindo pra Vida" na
Loja Canção Nova e também pelo telefone (12) 3186-2600.
A Palavra meditada, hoje, está em São Lucas 2,41-52.
"Você precisa buscar a Deus desde cedo e trazê-Lo para dentro de sua família", orienta padre Arlon.
Foto: Wesley Almeida/Arquivo Fotos CN

A Palavra de hoje fala sobre a perda e o encontro do Menino Jesus no Templo. O Evangelho começa dizendo que, todos os anos, os pais de Jesus iam a Jerusalém para a festa da Páscoa. Por tradição, o judeu ia a Jerusalém três vezes ao ano para as grandes festas. Isso quer dizer que Cristo, quando começou Sua vida pública, aos 30 anos, já havia ido a Jerusalém pelo menos 90 vezes.

Como é bonito ver que Jesus, apesar de ser o Filho de Deus, nasceu numa família religiosa! Vejam como é importante a educação religiosa que pais dão para seus filhos! É tão triste perceber que os pais não querem mais levar seus filhos à Missa, a um grupo de oração, porque as crianças vão chorar, vão fazer bagunça ou porque a Celebração Eucarística vai demorar muito.

Os ambientes que as crianças frequentam, hoje, desde pequenas, são os que se tornarão mais familiares para elas depois. Se você não educa seu filho na Igreja, desde pequeno, depois que ele crescer, você não vai conseguir levá-lo. A educação religiosa é muito importante na vida das crianças e é isso que o Senhor quer nos mostrar no dia de hoje.

Você precisa buscar a Deus, desde cedo, e trazê-Lo para dentro de sua família, para seu dia a dia. Isso fará toda diferença na sua vida e na vida dos seus.

O Evangelho continua dizendo que, quando Jesus completou 12 anos, Ele e Seus pais foram a Jerusalém como de costume e, passados os dias da festa da Páscoa, foram embora, sem perceber que Jesus tinha ficado em Jerusalém. Durante a caminhada de volta, perceberam que o Senhor não estava na caravana com eles. Depois de procurá-Lo e não encontrá-Lo, voltaram para Jerusalém.

Muitos devem pensar: “Como assim eles se esqueceram do Filho e não perceberam Sua falta? Se nós não voltarmos no tempo, não entenderemos como as pessoas viviam naquela época e não compreenderemos por que José e Maria perderam Jesus. Naquele tempo, as caravanas seguiam a pé com muitas pessoas. Junto de José e Maria deveria haver muitos parentes; era uma multidão que andava unida, e era comum as crianças ficarem perto de outras pessoas, com outras crianças. Então, eles achavam que Jesus estava com alguém em meio a todas aquelas pessoas.

Outro ponto importante é ressaltar que as caminhadas daquela época demoravam muito. Diz a Palavra que só depois de três dias eles retornaram a Jerusalém e encontraram Jesus. Mas, no momento em que perceberam a falta d’Ele na caravana, já foram perguntando para as pessoas se O haviam visto. Quando viram que Ele não estava, tomaram a decisão de voltar.

Eu imagino a humanidade de Maria e José nesse momento. Eles devem ter ficado apavorados por não saber onde estava Jesus. Ao mesmo tempo, penso em como ficou ruim para eles, diante de toda caravana, perder o filho. Esse é o mesmo sentimento que você sente quando seu filho sai à noite para as baladas, para namorar, para se drogar; e você não sabe onde ele está.

Vejam: Maria e José perderam Jesus, porém eles sabiam para onde voltar e onde O encontrar. Eles não foram buscar o Senhor no pecado, mas sim na Igreja. É aí que está a importância de educar os filhos desde pequenos, porque, quando eles saírem, você saberá onde eles vão estar. Se você não sabe por onde seus filhos andam, é porque já perdeu o controle sobre eles.

Novamente, ressalto a importância de levar o filho à igreja e educá-lo na fé católica. Mesmo que ele faça birra ou chore, é melhor isso do que você chorar amanhã. Eduque seu filho, sua filha, pois você é responsável por eles até que sejam maiores de idade.

Dê a eles educação, caráter, honestidade; seja firmes, lute pela salvação de seus filhos. Isso começa dentro de casa; não dando coisas materiais, mas educação, instrução, amor e presença. Lance as sementes da fé sobre seus filhos; mesmo que demore e que eles só vivam a experiência depois de um sofrimento, um dia essas sementes vão crescer e dar frutos.

Se seu filho está no pecado, não desista dele. Fale de Deus para ele, oriente-o, ame-o. Você não gosta do que ele faz? Traga-o para junto de si. Você deve amar o pecador e não o pecado. Saiba que o amor cura e liberta as pessoas. Se você nunca teve uma educação cristã, se nunca viveu isso, comece a fazer a diferença, daqui para frente, na vida de seu filho. Leve-o à igreja, fale de Deus para ele. Eduque o seu filho.

A Palavra termina dizendo: “Jesus desceu com seus pais para Nazaré e permaneceu obediente a eles. E sua mãe conservava no coração todas essas coisas.” Mesmo sendo o Filho de Deus, Jesus era obediente. Não é por que você saiu da sua casa, casou-se ou já é maior de idade, que você não tem mais de respeitar seu pai e sua mãe.

Hoje, quero pedir a Deus que esse exemplo comece dos pais para os filhos. Apresente sua família ao Senhor – seus pais, filhos, irmãos, netos, avós, tios e cunhados – e agradeça a Ele por cada um deles na sua vida. Agradeça pela educação que você recebeu e por poder passá-la adiante. Comece pelas crianças, mas evangelize todos as pessoas. Peça ao Pai a graça de ser evangelizado e de poder evangelizar. Você precisa levar a evangelização para as pessoas.
Padre Arlon Cristian
Sacerdote da Comunidade Canção Nova.
Twiiter: twitter.com/pearloncn
Facebook: facebook.com/PadreArlonCristian



Transcrição e adaptação: Débora Ferreira
Assista a uma parte do programa:


Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...