Pesquisar este blog

Compartilhe



quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Iniciemos o ano de 2014 rezando pela paz no mundo

Hoje, 1º de janeiro de 2014, celebramos o Dia Mundial da Paz. Vamos iniciar este novo ano refletindo com a mensagem do Papa Francisco para que promovamos e rezemos pela união e a paz entre os povos e as nações.

Papa Francisco

O tema central da primeira mensagem do Santo Padre para essa data é: ”Fraternidade, fundamento e caminho para a paz”. Convidamos padre Anderson Marçal, missionário da Comunidade Canção Nova, para falar sobre a mensagem do Sumo Pontífice, preparada com uma linguagem familiar e de fácil compreensão, cujo objetivo é despertar em nós a consciência de sermos fraternos uns com outros para a construção de um mundo mais justo, pacífico e solidário.

“Ele aborda o tema da fraternidade fazendo-nos algumas perguntas como: ‘Onde está o teu irmão?’ Tendo o irmão como o ponto de referência, pois, a partir do momento em que o Papa Francisco trata o tema da fraternidade com essa pergunta, ele também já coloca Deus como Pai de todos [...]. O Pontífice vai tratar de assuntos não só relacionados à paz, mas àquilo que nos tira a paz, como, por exemplo, as guerras ou a economia desenfreada, as crises geradas pela ganância. E cita, como fundamento para o caminho para paz, a fraternidade”, explicou o sacerdote.

Nesta mensagem Papa Francisco nos orienta, como tem feito desde o início do seu pontificado, a vivermos a humildade, a caridade e a fraternidade para que paz reine em nossa sociedade.

“Assim como o Santo Padre gosta de fazer em suas homilias, ele traz para nós três características para que esta paz aconteça: o dever de solidariedade, ou seja, cada um de nós, que tem Deus como único Pai, e todos nós somos irmãos, temos o compromisso de ser solidários e de ir ao encontro do outro [...]. O dever da justiça social, pois há tantas injustiças que nós vemos no mundo de hoje e diante de tantas desigualdades, o Papa recomenda, como dever nosso, que a justiça seja igual para todos. A justiça social precisa ser igual para todos [...]. E o terceiro ponto é o dever da caridade universal, pois o ser humano só se realiza a partir do momento em que ele é caridoso, uma vez que somos criados à imagem e semelhança de Deus nós somos criados à semelhança do amor, ou seja, nos só vamos nos realizar quando nos tornamos caridade para o outro. A caridade precisa ser vivida e exercitada da nossa parte para todos e não somente para aqueles que escolhemos”, recordou o sacerdote da Canção Nova.

A grande reflexão deixada pelo Papa Francisco para todos nós é que saiamos de nós mesmos e comecemos a ir ao encontro do próximo, pois como cristãos devemos ser praticantes da fraternidade, da bondade e do amor.

*Créditos Fotografia: Rádio Vaticano

Fonte: http://blog.cancaonova.com/redacao/iniciamos-o-ano-rezando-pela-paz-no-mundo/

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...