Pesquisar este blog

Compartilhe



sexta-feira, 26 de julho de 2013

Milhões de jovens participam da Via-Sacra em Copacabana

Espetáculo de fé

A praia de Copacabana ficou repleta de peregrinos na noite desta sexta-feira, 26, durante Via-Sacra
André Alves
Da redação CN
Via Sacra_chegada do Papa
Multidão acompanha Via-Sacra por telões espalhados pela praia de Copacabana. (FOTO: Edi Alves)
O Santo Padre chegou de helicóptero no Forte de Copacabana, como tem feito durante suas aparições na praia carioca. De papamóvel, Francisco seguiu cumprimentando os milhões de peregrinos que o aguardavam na Avenida Atlântica; saudou a todos, beijou e abraçou inúmeras crianças.
Durante o trajeto, ele quebrou o protocolo e abençoou uma imagem de São Francisco que estava na orla e fixou uma estátua de pomba branca sob as mãos da imagem do santo.
O Papa subiu ao palco sob o som da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, interior do Rio de Janeiro. A cantora católica Ziza Fernandes foi quem interpretou uma das canções.
Vários cardeais e bispos participaram do momento e receberam os cumprimentos do Papa Francisco. Entre eles estavam o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta; o Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer e o Cardeal emérito de São Paulo, Dom Cláudio Hummes.
A tema refletido na Via-Sacra foi um trecho do Evangelho de São Mateus que diz: “Quem quiser ser meu discípulo tome a sua cruz e siga-me” (Mt 16,24). O texto utilizado na meditação da via dolorosa de Cristo foi escrito pelos padres dehonianos José Fernandes de Oliveira (Pe. Zezinho, scj) e João Carlos Almeida (Pe. Joãozinho, scj).
A Via-Sacra é um ato composto por 14 estações, sendo que 13 delas foram encenadas ao longo de cerca de um quilômetrodo canteiro central da Avenida Atlântica e, a última, no palco central.
Cada uma das estações teve um tema relacionado às questões da juventude no mundo contemporâneo: “jovem missionário”, “jovem convertido”, “jovem de comunidade de recuperação”, “jovem falando em nome das mães”, “seminarista”, “religiosa que luta pela vida”, “casal de namorados”, “jovem falando pelas mulheres que sofrem”, “estudante cadeirante”, “jovem das redes sociais”, “presidiár
io ou jovem da pastoral penal”, “jovem com doença terminal”, “jovem deficiente auditivo” e “jovens da África, América do Norte, da América Latina e do Caribe, da Europa, da Ásia e da Oceania”.
Cerca de 300 pessoas fizeram parte do elenco da Via-Sacra, entre estes estavam a atriz Cássia Kis, que interpretou a Maria, a mãe de Jesus; Lívian Aragão; os atores Eriberto Leão e Murilo Rosa, e a apresentadora Ana Maria Braga.
A Via-Sacra terminou com a oração do “Pater Noster” (Pai Nosso), seguido pela  benção do Papa Francisco sobre o fiéis.

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...