Pesquisar este blog

Compartilhe



sexta-feira, 21 de junho de 2013

O Papa e os jovens - Reflexão de Dom José Moura


Dom José Alberto Moura
Arcebispo de Montes Claros (MG)


CNBB
''A alegria não nasce do ter muitas coisas, mas do encontro com Jesus'', destaca Dom José
O Papa Francisco solicitou aos jovens e suas comunidades a se prepararem bem, sobretudo espiritualmente, para a jornada em julho no Rio de Janeiro. O encontro com ele deverá ser “sinal de fé para o mundo inteiro. Os jovens devem dizer ao mundo: é bom seguir Jesus; é bom caminhar com Jesus; é boa a mensagem de Jesus; é bom sair de si mesmo e ir às periferias do mundo e da existência para levar Jesus! Três palavras: alegria, cruz, jovens” (mensagem do domingo de ramos de 2012).

O Pontífice lembra que a alegria não nasce do ter muitas coisas, mas do encontro com Jesus. Com Ele não estamos sozinhos, mesmo nos momentos difíceis. Ele entrou em Jerusalém para ser crucificado e mostrou que dava tudo de si por nós. A alegria da fé nele enche a juventude da certeza de vencer tudo o que se opõe à conquista do ideal de construção de um caminho novo para a sociedade.

Com Cristo o coração jovem se perpetua com o passar dos anos. Precisamos de quem enfrenta os desafios do mundo paganizado, que coloca o ter coisas, prazeres e prestígio como finalidade da vida. Cristo nos aponta o caminho que faz a pessoa trabalhar a grandeza do caráter bem formado para amar, servir, promover a boa família, a boa política de real serviço ao bem comum, a inclusão social, a fé comprometida com os valores do Reino de Deus. Daí surgem a bondade de coração, a superação dos vícios e das paixões desordenadas...

A preparação da Jornada Mundial da Juventude tem afervorado a juventude do Brasil para ela encetar o caminho novo da conquista de seu lugar na Igreja e na sociedade, transformando-as com os valores da vida nova de Cristo.

A cruz da Jornada e o ícone de Maria são sinais chamativos para a juventude perceber que, seguindo a Jesus e colocando em prática seu exemplo e seus ensinamentos, é capaz de tornar a convivência humana realmente transformadora com o novo ideal de vida impregnado de amor a Deus e ao semelhante. Sem isso, o ser humano se torna demais animalizado, egoísta e sem perspectiva de conquista de um ideal realmente realizador. Com o exemplo e a intercessão de Maria a juventude perceberá que vale a pena, com ela, dar respaldo à salvação de tantas pessoas que vivem nos descaminhos de vida sem sentido.

No entanto, o encontro com o Papa vem reforçado com o impulso para o pós-encontro, a fim de que a caminhada da juventude tome um rumo de compromisso de vida permanente, para sua ajuda de transformação da convivência humana, com os critérios do Evangelho.

O Rio e a Igreja de todo o Brasil estão abertos para o Santo Padre abençoar a juventude e todos nós, para vivermos mais nosso compromisso de ajudarmos a juventude a ser e atuar como verdadeira força renovadora de nossa caminhada humana e cristã.

Deus abençoe nossa juventude, para que ela seja protagonista na nova sociedade, com a vida de amor e promoção da cidadania adequada para todos!

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...