Pesquisar este blog

Compartilhe



sexta-feira, 10 de agosto de 2012

"Levanta e come" - reflexão das leituras dos dias 11 e 12/08/12


A Liturgia de hoje nos fala da preocupação de Deus
em oferecer aos homens o "pão" da vida plena e definitiva.

Na 1a Leitura Elias recebe no deserto um "pão do céu"
para refazer as forças e continuar a sua missão. (1 Rs 19,4-8)

Ele acusara o Rei e a Rainha de serem a ruína de Israel,
desafiara e matara os profetas de Baal, que davam sustentação
à religião pagã da rainha Jesabel (± ano 450).
Ameaçado de morte, foge para o DESERTO,
onde o povo encontrara a fonte de sua fé (êxodo).
Perseguido, cansado, faminto, abatido e desanimado,
adormece debaixo de uma árvore,  desejando a morte...
- Deus não o abandona, manda um anjo, que lhe diz: "Levanta e come"…
- Elias, revigorado por aquele alimento vindo do céu,
  continua o seu caminho (40 dias e 40 noites) até o monte de Deus (Horeb).
  Deus não abandona o profeta em sua missão, nem elimina os inimigos,
  apenas lhe dá a força para continuar a caminhada...

* Esse pão vindo do céu prefigura o "Pão", oferecido por Jesus.
   O seguidor de Cristo, que caminha pelo deserto da vida,
   pode sentir o cansaço, desânimo e a tentação de deixar tudo.
   Mas, como Elias, deve despertar do sono, comer do "Pão do Céu"
   e, fortalecido, retomar o caminho até chegar ao monte santo.

Na 2ª Leitura, Paulo exorta os efésios a serem imitadores de Deus,
em sua bondade e misericórdia e arrancar tudo o que se opõe
ao Espírito Santo e à caridade..  (Ef 4, 30-5,2)

No Evangelho prossegue o discurso de Jesus em Cafarnaum,
onde Jesus se apresentara como o "Pão" descido do céu
para dar vida ao mundo. (Jo 6,41-51)

- Provoca uma forte REAÇÃO: "Os judeus murmuram" (como no deserto).
  Daí nasce uma tremenda resistência e recusa…
- JESUS não desiste e reafirma:
  "Eu sou o pão descido do céu… Quem come desse pão viverá eternamente"
  E exige FÉ: "Quem crê, tem a vida eterna. Quem dele comer, não morrerá..."

"Comer a carne de Jesus"
- É assimilar na sua totalidade a pessoa e a Missão de Jesus e, como ele,
  ter gestos de doação e de solidariedade em favor dos irmãos.
- É acolher Jesus na sua realidade divina e humana,
  dom de Deus para a salvação da humanidade.

+ O que essas leituras bíblicas nos dizem no dia dos Pais?

- COMO SER PAI, HOJE,
  num mundo que se transforma e enfrenta todo tipo de dificuldades?
  Quantos pais se sentem cansados e desanimados, como Elias?

PAIS, não desanimem como Elias diante de situações difíceis e complicadas…
nem murmurem como os judeus diante do incompreensível…

SER PAI é uma Missão sublime…
- É participar do maravilhoso mistério da criação,
  é iluminar o mundo com uma nova e insubstituível centelha de vida.
- É prosseguir na história e testemunhar a esperança
  de um mundo sempre mais humano, fraterno e de paz…
  Mas onde buscar força, quando parece tudo perdido?

O Evangelho de Hoje nos dá uma resposta…
Essa energia nos é dada no pão vivo descido do céu, que é CRISTO,
presente no meio de nós na EUCARISTIA e na sua PALAVRA.
E mais do que ninguém, o pai tem a missão de oferecer esse pão aos filhos

SER PAI:

- É alimentar a vida dos filhos  não apenas como o Pão material,
  mas também o espiritual… também com a palavra amiga…
- É saber gastar tempo com os filhos:
  Muitos pais puseram filhos ao mundo e não cresceram com os filhos;
  depois talvez se queixam que não conseguem entender os filhos…

- É saber respeitar a liberdade dos filhos:
  sendo uma presença certa na hora exata, respeitando a vocação de cada um...

- É saber confiar: As pessoas só confiam em que confiam nelas…
  Pior que o erro, é perder essa confiança dos filhos...

FILHOS, O QUE É TER PAI?

- É saber descobrir a presença de Cristo
  naquele que é responsável pelo progresso e felicidade da família…

- É saber respeitar e nas horas difíceis confiar
  Há dois momentos que nos ensinam o que é ter um pai:
  - Quando não podemos mais tê-lo ao nosso lado…
  - Quando um dia vocês forem pais responsáveis e
    perceberem como é difícil ser um verdadeiro pai…

No dia de hoje, inicia também a Semana Nacional da Família,
com a qual a Igreja pretende fazer redescobrir os valores da família...

- Uma família nova que acredita no futuro... que vive de esperanças...
  não apenas das lembranças do passado...
- Uma família, que a exemplo da sagrada família de Nazaré,
  seja a família que Deus quer...
- Uma Família, onde os filhos encontram a paz e a segurança
  tão desejada e tão necessária...  

"FAMÍLIA: o Trabalho e a Festa:
  Três dons de Deus, três dimensões de nossa vida,
  que se devem encontrar num equilíbrio harmonioso". (Bento XVI)

                                       Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa 

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...