Pesquisar este blog

Compartilhe



terça-feira, 1 de maio de 2012

Tudo o que é injusto haverá de ruir



O livro do Eclesiástico diz: “Quem mima o filho deverá tratar-lhe as feridas [...]” (Eclo 30,7). Portanto, não devemos temer pelas crianças, pois elas darão lições nesse tempo difícil, não podendo, portanto, ser mimadas. É impressionante a capacidade de adaptação que elas possuem. Talvez no começo estranhem, chorem e fiquem um pouco desestruturadas, mas são crianças e se adaptarão facilmente à situação.

As crianças se acostumam apenas com o necessário. Às vezes, pensamos que elas sentirão falta de algo que possuem, mas, na verdade, quem passará por isso seremos nós. Talvez, por nossa própria culpa, tenhamos de sofrer, no entanto, será um sofrimento redentor.

Será tirado de nós tudo o que não é de Deus, tudo o que foi construído nas bases do príncipe deste mundo – mentira, roubo, corrupção, ódio, vingança, tráfico de drogas e armas –, porque já estaremos no mundo novo. Restará somente o que é novo, puro, santo e justo, portanto, só aquilo que está de acordo com o Evangelho: verdade, justiça, amor, entre outros.

Há bens que nossos pais, avôs, tios e parentes próximos construíram na injustiça, na mentira e na maldade, custando o sangue de outros. Muito do que temos hoje pode ser fruto de ódio, briga, vingança e morte. Talvez você seja uma pessoa justa e reta, mas seus parentes podem ter se envolvido com álcool, drogas, armas, prostituição, levando desgraça para muitas famílias. Tudo isso haverá de ruir. No mundo novo nada disso permanecerá.

Deus o abençoe!

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

(Trecho do livro "Céus Novos e uma Terra Nova" de monsenhor Jonas Abib)


Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...