Pesquisar este blog

Compartilhe



domingo, 6 de maio de 2012

FRUTOS DA UNIÃO COM JESUS (3ª parte)

 POR PADRE ALÍRIO,SCJ


Se um marido-pai “permanecer” em Jesus pela fé e pela amizade, como dissemos acima, ele terá a graça santificante para viver com muita sabedoria sua vida de esposo e pai, dedicando-se com todo santo cuidado de conduzir bem todas as coisas em seu lar, de fazer sua esposa feliz e sadia, educando bem os seus filhos. Esses são os “frutos” que irá produzir.
Se uma esposa-mãe “permanecer” em Jesus por uma fé vida e uma amizade cultivada, ela terá a graça santificante para viver com muita sabedoria sua missão de esposa e mãe, e se dedicará à sua família com todo desvelo para que seu lar seja um ninho de amor.
Se um jovem, uma jovem, “permanecer” em Jesus, terá abundância da graça santificante – a seiva divina – para compreender a beleza de sua vida, de juventude, de sua castidade; compreenderá a importância de sua família, de seus estudos, do trabalho, de suas amizades. Produzirá muitos frutos de salvação e santidade.
Jesus nos afirma ainda que: (O Pai) podará todo ramo que der fruto, para que produza mais fruto ainda”. Jesus quer ensinar que quando alguém já produz frutos de vida e santidade, mas que tem ainda “brotos falsos e parasitas” que impedem de produzir mais, muito mais, o Pai poda para que produza mais frutos. As podas nas pessoas acontecem naqueles pecados veniais que ainda acontecem sempre, naqueles efeitos do pecado original que ainda persistem como: orgulho, egoísmo, inveja, vaidade, preguiça, mágoas, raivasm, iras, sensualidades de toda espécie, apegos mundanos,e tantas outras “parasítas” morais e espirituais, psicológicas e emocionais.
Essas “podas” precisam acontecer sempre. Às vezes são dolorosas, mas precisam acontecer. E toda vez que acontecem é para o nosso bem. É para que nossa vida seja sempre mais limpa, bonita e santa. É para que nós produzamos sempre mais frutos de vida cristã sábia e de santidade.
Jesus como que conclui dizendo: “Nisto é glorificado meu Pai, para que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos”. Se vivermos “enxertados” em Jesus, se vivermos em estado de graça santificante, e “permanecermos” nEle, produziremos muitos frutos de salvação e santificação. E nisto o Pai celeste é glorificado. O Pai se sente bem, se sente honrado e glorificado quando vê seus filhos viverem em santidade. Mais. O Pai é glorificado pelo fato de vivermos como discípulos de Jesus. Mas tudo isso é ótimo para nós!


Fonte: http://dehonbrasil-aliriopedrini.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...