Pesquisar este blog

Compartilhe



quarta-feira, 11 de abril de 2012

Juristas a favor da vida apresentam defesa ao STF


Renata Vasconcelos
Canção Nova Notícias, SP


O Supremo Tribunal Federal (STF) julga, nesta quarta-feira, 11, se a gravidez de bebês anencéfalos pode ser interrompida. Na sessão, marcada para às 9h, tem defesa oral apenas quem é a favor do aborto.

Instituições que defendem a vida reclamam o direito democrático e o debate equilibrado. Para embasar os argumentos contra esse tipo de aborto, juristas católicos se uniram e prepararam a defesa por escrito.

Confira entrevista com o presidente da União dos Juristas Católicos de São Paulo, Ives Gandra.




Um comentário:

stefan disse...

OS SUCESSORES DE HERODES CONTINUAM SUA MACABRA MISSÃO...
Ele foi, de fato, um rei muito poderoso e influente, por manter cativos fiéis seguidores até hoje. Ele tencionava matar a Jesus: fê-lo trucidando milhares de crianças em seu lugar, subtendendo que estaria dentre elas, à época, abaixo de 2 anos. Em pleno século XXI Herodes capta numerosíssimos discípulos, vinculados a seu espírito satânico, em nome e lugar de quem praticam, promovem o aborto ou votam em candidatos ou partidos socialistas ou comunistas – piores os possuidores de militância ativa – que implantam leis homicidas com o aval de seus eleitores, como a do aborto e outras anti ético-morais cristãs.
Nem os animais jamais ingerem seus ovos ou abortam os filhotes.
Assim sendo, todas as crianças sacrificadas nos abatedouros, matadouros ou clínicas de aborto, esses colaboracionistas têem suas digitais impressas no sangue derramado de cada uma delas proveniente desses fratricídios praticados; são excluídos da Igreja por grave apostasia, não podendo inclusive receber validamente os sacramentos, transformando-se em mortos espirituais, defuntos ambulantes.
O pior, no Juízo Final serão duramente interpelados de co-participação em cada um desses assassinatos. Já possuímos tantos pecados pessoais, adicionaremos ainda mais homicídios, propositamente? Poderíamos evitá-los não avalizando tais procedimentos, acrescendo milhares de gravíssimos pecados ainda mais ao nosso já sujíssimo currículo existencial como católicos.
A não ser que a pessoa, após infortunada existência, maldita vida, queira ser recebido por Satanás e ouvir dele: obrigado, comparsa, tome posse do reino do inferno; é todo seu, precipitando-o adentro para sempre, daí sugerindo a pergunta: disporia-se você a correr tal risco?

Por outro lado, convém melhor se esclarecerem as mulheres no risco a que se expõem em uso de pílulas contraceptivas em relacionamentos conjugais, mais ainda a "do dia seguinte", abortiva em si, podendo oportunizar a existência de "abortos ocultos", no caso, incidindo igualmente no acima.

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...