Pesquisar este blog

Compartilhe



sábado, 24 de março de 2012

Busque a maturidade espiritual


Padre Donizete Heleno
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com
Nossos triunfos espirituais, muitas vezes, brotam com o sacrifício e a dor. Esse triunfo é estar na presença de Deus, independentemente da sua tristeza, da sua doença ou da sua depressão.

O pior fracasso espiritual que pode nos atingir é retirar Deus de nossa vida. E isso acontece quando idolatramos e adoramos falsos deuses. Na primeira leitura de hoje foi essa a experiência que o povo de Deus viveu, quando optou pelo imediatismo, buscando as respostas no Senhor só quando lhe era conveniente.

Talvez você, neste tempo de Quaresma, também já tenha experimentado o imediatismo, abandonando Deus e buscando as respostas em outros lugares. Talvez você já tenha abandonado sua penitência e se desviado do propósito que é viver a fidelidade ao Senhor.

Mas esse fracasso só vem quando somos imaturos espiritualmente, porque ainda vivemos na dependência total d'Ele, esquecendo que Deus caminha à nossa frente nos guiando.

A vida espiritual passa por "noites escuras" e por "desertos". Haverá dias em que você não terá vontade de sair de sua cama e ir à Santa Missa, mas, mesmo assim, você vai por uma decisão sua, por amor a Deus, porque compreende que na Celebração Eucarística você viverá um encontro com Ele. Essa pessoa, sim, pode dizer que atingiu a maturidade espiritual que o Senhor espera de Seus filhos.

Não podemos ficar presos ao passado, assim como o povo de Deus, que voltou a adorar um falso deus; pois ao agirmos assim, não seremos capazes de chegar à nossa "terra prometida".

O imediatismo, a dependência espiritual [ao mal] e a prisão ao passado fazem de nós um povo fracassado. E quando nos deparamos com isso, estamos a um passo do sincretismo religioso, buscando aquilo que nos é cômodo só para ir ao encontro do que nos é conforável.
"Não misture a sua fé com nada! Viva a sua fé pura, assim como a recebeu da Igreja!", exorta padre Donizete
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Não misture a sua fé com nada! Viva a sua fé pura, assim como a recebeu da Igreja! Defenda os seus valores, e isso precisa começar dentro do seu lar. Somos chamados a adorar a um só Deus, Aquele que é único e verdadeiro.

Moisés, no Evangelho de hoje, é a prefiguração do Cristo, que desce de Sua condição de intimidade com Deus para acolher o Seu povo corrompido pelo pecado. Assim Jesus fez, deixando Sua divindade, sendo obediente ao Pai e se entregando na cruz para nossa redenção.

Talvez o Altíssimo hoje esteja se queixando, assim como fez com Moisés, em relação a nós. Porque colocamos inúmeras coisas no centro de nossas vidas, mas nunca Aquele que deveria ser nossa prioridade. Nós assumimos a idolatria trocando Deus Pai, que foi capaz de dar o único Filho para nos salvar.

Mas, mesmo assim, Deus não nos abandona, Ele faz com que Sua misericórdia seja maior do que qualquer erro que podemos cometer.

Tudo parte do mistério da cruz. Deus Pai já se esqueceu de todos os erros que você cometeu, não importam mais. Mesmo as infidelidades que cometeu contra Ele, e em Jesus Cristo, redimiu todos seus pecados. Já não há mais "vales escuros"! Só dias claros. Creia nas promessas de Deus e permita que sua vida seja impulsionada pelo amor do Pai.
 
Transcrição e adaptação: Gustavo Souza

--------------------------------------------------------------

Padre Donizete Heleno 
Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...