Pesquisar este blog

Compartilhe



domingo, 23 de outubro de 2011

Papa revela como se realiza a verdadeira felicidade

Leonardo Meira
Da Redação CN


Bento XVI preside Missa com Canonização na parte externa da Basílica de São Pedro, no Vaticano. Milhares de fiéis estiveram presentes na cerimônia
O Papa Bento XVI presidiu à Missa com a Canonização de três Beatos neste domingo, 23, no adro (parte externa) da Basílica de São Pedro, às 10h. A data também marca a celebração do Dia Missionário Mundial, que pretende revelar o impulso e o compromisso com a missão.
Acesse.: NA ÍNTEGRA: Homilia de Bento XVI

Na Liturgia dominical, Mateus narra que os fariseus reuniram-se para colocar Jesus à prova. Um deles, Doutor da Lei, pergunta a Jesus: "Mestre, na Lei, qual é o grande mandamento?" (v. 36). Jesus responde: "Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua mente. Esse é o grande e primeiro mandamento" (vv. 37-38). "Com efeito, a exigência principal para cada um de nós é que Deus esteja presente na  nossa vida. Ele deve, como diz a Escritura, penetrar todos os cantos do nosso ser e preencher-nos completamente", ensina o Pontífice.

Logo após, no entanto, Jesus acrescenta algo que não foi pedido pelo Doutor da Lei: "O segundo, pois, é similar a esse: Amarás o teu próximo como a ti mesmo" (v. 39). "Declarando que o segundo mandamento é similar ao primeiro, Jesus leva a entender que a caridade pelo próximo é tão importante quanto o amor a Deus. De fato, o sinal visível que o cristão pode mostrar para testemunhar ao mundo o amor de Deus é o amor pelos irmãos", continua Bento XVI.
E indica com decisão: "É o amor de Cristo que ilumina a vida de cada homem, revelando como, no dom de si ao outro, não se perde nada, mas se realiza plenamente a nossa verdadeira felicidade".

Os Beatos canonizados foram:
 - Guido Maria Conforti (1865-1931), Arcebispo-Bispo de Parma, Fundador da Pia Sociedade de São Francisco Xavier para as Missões Estrangeiras;
 - Luigi Guanella (1842-1915), Sacerdote, Fundador da Congregação dos Servos da Caridade e do Instituto das Filhas de Santa Maria da Providência;
 - Bonifacia Rodríguez de Castro (1837-1905), Fundadora da Congregação das Servas de São José.
.

"'Te amo, Senhor, minha força'. Assim, queridos irmãos e irmãs, aclamamos com o Salmo responsorial. De tal amor apaixonado por Deus são sinal eloquente esses três novos Santos. Deixemo-nos atrair por seus exemplos, deixemo-nos guiar por seus ensinamentos, a fim de que a nossa existência torne-se testemunho de autêntico amor por Deus e pelo próximo", concluiu o Bispo de Roma a homilia.


Angelus

Ao concluir a Celebração da Santa Missa, o Papa recitou a tradicional tradicional oração mariana do Angelus com os peregrinos presentes na Praça de São Pedro. Como já havia presidido à Cerimônia e feito a reflexão sobre o Evangelho do dia, Bento XVI fez apenas uma saudação aos fiéis, em diversas línguas (italiano, espanhol, francês, inglês, alemão e polonês).

"Mais uma vez a Itália ofereceu à Igreja e ao mundo luminosos testemunhos do Evangelho; demos graças a Deus e rezemos para que, nesta nação, a fé não cesse de se renovar e produzir bons frutos", disse, com referências aos novos santos Guido Maria Conforti e Luigi Guanella.

Aos peregrinos de língua espanhola, terra natal de Santa Bonifacia Rodríguez de Castro, afirmou: "Que o exemplo e a intercessão dessas figuras ilustres para a Igreja impulsionem a todos a renovar seu compromisso de viver de todo o coração sua fé em Cristo e de testemunhá-lo nos diversos âmbitos da sociedade".

Por fim, o Pontífice confiou à intercessão da Virgem Maria a Jornada de reflexão, diálogo e oração pela paz e justiça no mundo, que acontece no próximo dia 27, em Assis, no marco dos 25 anos do evento similar convocado peloBeato João Paulo II.

.: Oração do Angelus na voz de Bento XVI

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...