Pesquisar este blog

Compartilhe



quinta-feira, 14 de julho de 2011

Silvonei José fala sobre seu trabalho, novas tecnologias e Secobb

Renata Igrejas
Do Rio de Janeiro


Silvonei José participa do 1º Seminário de Comunicação dos Bispos do Brasil, no Rio de Janeiro
No Vaticano, ele apresenta programas e orações aos fiéis de língua portuguesa do mundo todo, seja pelas ondas de radiodifusão, seja pelo universo virtual da internet. Natural de Guarapuava, no Paraná, começou aos dezessete anos em uma rádio local, da cidade. Aos dezoito foi se aventurar na rádio Aparecida, no interior de São Paulo. Ainda na adolescência, conheceu o Padre Jonas Abib – de quem fala com muito carinho e ternura - e viu de perto o nascimento daRádio Canção Nova. Hoje, aos 46 anos, completou vinte e um anos na rádio Vaticano.

Silvonei José participa do 1º Seminário de Comunicação dos Bispos do Brasil e conversou com a equipe da Canção Nova, sobre a sua trajetória, os desafios da Igreja com as novas tecnologias e sua experiência neste Seminário.

noticias.cancaonova.com - Qual o tamanho da responsabilidade do jornalista que é considerado a "voz do Papa" no Brasil?
Silvonei José - A responsabilidade é grande! Nunca pensei nisso. Só queria fazer comunicação, trabalhar no jornalismo. Os percalços da vida me levaram a Roma.
noticias.cancaonova.com - Você trabalha ao lado do Papa. Qual é a sensação de poder transmitir as palavras do mensageiro de Deus?
Silvonei José - Sou uma pessoa muito privilegiada, por poder falar com pessoas do Brasil e do mundo inteiro, através da Rádio Vaticano e da internet, a gente tenta todos os dias aprimorar-se. Esse caminho que começa não sabemos como termina. Precisamos reinventar, recriar todos os dias.
noticias.cancaonova.com - O Papa Bento XVI já declarou a importância da internet e lançou redes sociais do Vaticano. Como você vê estes novos meios de comunicação?
Silvonei José - Internet não é um meio. É um contexto. Você vive dentro desse meio. A responsabilidade, como o Papa Bento XVI disse em sua mensagem, nós temos um grande conteúdo, mas não sabemos como passar. E esquecemos a dimensão deste mundo, para o testemunho. Temos que refletir sobre isso, dentro de casa, com os pais, educadores, nas igrejas.
noticias.cancaonova.com - Mas a Igreja não levou muito tempo para pensar em como se comunicar?
Silvonei José - A igreja é responsável por mensagens que atingem bilhões de pessoas. Comunicar não é só informar. É mais que isso. É interagir. É formar. Ai de nós se não nos comunicarmos. A Igreja precisa sair deste casulo.
noticias.cancaonova.com – Neste tempo que antecede a Jornada Mundial da Juventude, que acontece no mês que vem, os jovens tem sido a maior preocupação do Papa Bento XVI. Por que?
Silvonei José - Nós não podemos deixar de falar com os jovens. Deus nos deu a responsabilidade da nossa vida. Quando a Igreja sai e se comunica, ela comunica a ela mesma. Ela nasceu da comunicação. Vivemos um período de uma nova dialética: interatividade. Vivemos dentro desta comunidade virtual. A Igreja precisa se comunicar, para não entrar numa crise.
noticias.cancaonova.com – Convidado para o Primeiro Seminário de Comunicação dos Bispos do Brasil, como tem sido estes debates e palestras?
Silvonei José - Acho fantástica a experiência. Quero que se reproduzam ideias como esta. Já ouvi bispos dizendo “Silvonei, como é difícil se comunicar!”. Mas o objetivo não é impor ideias, mas sim propor ideias, que possam tornar o mundo cada vez melhor.

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...