Pesquisar este blog

Compartilhe



sexta-feira, 15 de julho de 2011

PHN - o amor jamais acabará

É preciso morrer por uma causa, por um carisma e gerar vida

Caso tivéssemos o poder e a coragem de recordar cada sentimento, sonho, indignação ou sugestão de quando ainda éramos jovens – ávidos por aprender e sonhar, mas numa etapa em que éramos considerados jovens demais para dar nossa opinião e estávamos sujeitos a decisões tomadas por pessoas que nós considerávamos velhas e que atingiam diretamente nossa maneira de viver –, então hoje nós não cometeríamos os mesmos erros nem repetiríamos os mesmos acertos.

Porém, é impossível nos lembrarmos de tudo, porque os interesses daquela época são totalmente diferentes dos interesses da época atual. Crescemos e o ciclo desse raciocínio agora também nos atingiu. Então, o que fazer se hoje somos os “mesmos velhos” que quando jovens criticávamos e ontem éramos os jovens que hoje miramos e não entendemos? O que pode aproximar essas duas gerações tão dependentes uma da outra?

A resposta é: o amor! O amor jamais acabará. Com esse tema, vamos receber neste próximo final de semana, em Cachoeira Paulista (SP), jovens e pessoas de todas as idades para um grande desafio: voltar a entender a palavra "Amor" e acreditar que este sentimento tão belo não acaba. O sonho, o projeto, o ideal, o desafio, a radicalidade, a fidelidade, o companheirismo, a saudade são sentimentos e valores que estão em "crise" permanente, pois crise significa "peneira" e ao peneirar algo o que é bom fica e o que não presta vai embora.

O medo ou a preguiça de "peneirar" mais em nossa vida tem feito com que o amor seja mal interpretado por todos nós e uma baixa qualidade de vida e de sensações nos ocupe o interior. É preciso fazer algo, buscar verdadeiramente algo, morrer por uma causa, por uma pessoa, por um carisma e gerar vida novamente. Parece romântico demais, mas não o é. Isso é antropologia, é questão de sobrevivência da humanidade. Se quisermos continuar vivos, nos sentindo seres humanos, temos que acreditar e lutar por isso: o amor jamais acabará.

Neste final de semana, cerca de 150 mil jovens movidos pelo amor a Deus e por aquilo em que acreditam – família, sonhos, desafios etc. – estarão reunidos na sede da Canção Nova. Vamos fazer muito barulho. Um barulho que alguns adultos e anciãos esquecem que também já fizeram, um grito pela paz e pela esperança. Vamos mexer com o que de bom existe dentro de cada um de nós e de quem quiser recordar como era bom gritar para o mundo, ouvir que as mudanças são inevitáveis, que os erros e acertos andam juntos, que o momento presente não se compara ao que pode ser descoberto de bom e vivido de maneira honesta e sadia pela juventude. Vamos simplesmente gritar que o amor jamais acabará.



Saiba mais: PHN


*Dunga é membro da Comunidade Canção Nova. Apresentador do programa "PHN" transmitido pela TV Canção Nova e locutor da Rádio Canção Nova AM e FM. É autor de quatro livros, dez CDs e dois DVDs. Seus recentes trabalhos são o livro "Abra-se à Restauração” e o CD "Transfiguração”. http://blog.cancaonova.com/dunga/ e twitter @dungaphn


Dunga

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...