Pesquisar este blog

Compartilhe



quarta-feira, 11 de maio de 2011

União homoafetiva: bispos divulgam nota sobre decisão do STF

Gracielle Reis
Enviada especial a Aparecida


Os bispos reunidos nesta 49ª Assembleia Geral, em Aparecida (SP), acabam de divulgar uma nota oficial da CNBB sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca da união homoafetiva.

Acesse
.: NA ÍNTEGRA: Nota oficial do bispos

.: Editoria especial da Assembleia da CNBB

.: Fotos da 49ª Assembleia da CNBB no Flickr
 
No texto, os bispos afirmam que as uniões homoafetivas não podem ser equiparadas à família, pois esta se fundamenta no "consentimento matrimonial, na complementaridade e na reciprocidade entre um homem e uma mulher".

Além disso, o documento enfatiza 
que a atribuição do Congresso Nacional é propor e votar leis e ao executivo garanti-las. A partir disso, a nota destaca a preocupação dos prelados com os poderes constituídos por ultrapassarem os limites de sua competência, conforme aconteceu com a recente decisão do STF. "Não é a primeira vez que no Brasil acontecem conflitos dessa natureza que comprometem a ética na política", lamentam os bispos.
"Equiparar as uniões entre pessoas do mesmo sexo à família descaracteriza a sua identidade e ameaça a estabilidade da mesma. É um fato real que a família é um recurso humano e social incomparável, além de ser também uma grande benfeitora da humanidade", destacam ao ressaltar que a família tem o direito de ser valorizada e protegida pelo Estado.
Por fim, o texto reafirma que a instituição familiar corresponde ao desígnio de Deus e, por ser tão fundamental, Deus elevou o matrimônio à "dignidade de Sacramento". Os bispos também anunciaram a proposta de renovar o empenho por uma Pastoral Familiar intensa e vigorosa no país. 

Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...