Pesquisar este blog

Compartilhe



sábado, 23 de abril de 2011

Morte de Jesus é semente de nova esperança, diz Papa na Via Sacra

Leonardo Meira
Da Redação CN

Ao final da celebração da Via Sacra no Coliseu, em Roma, nesta Sexta-Feira Santa, 22, o Papa Bento XVI dirigiu aos fiéis algumas palavras. O Pontífice ressaltou o significado da entrega de Jesus.

"Na morte do Filho de Deus na cruz, há o gérmen de uma nova esperança de vida, como o grão de trigo que morre no seio da terra. 
A Cruz fala-nos do amor supremo de Deus e convida-nos a renovar, hoje, a nossa fé na força deste amor", destacou.

Acesse
.: Palavras do Papa ao final da Via Sacra


O silêncio no qual os cristãos mergulham na noite da Sexta-feira Santa e segue até a Vigília Pascal é um convite a reviver o drama de Jesus, que carrega sobre si o 
sofrimento, o mal e o pecado do homem.

"E agora, que resta diante dos nossos olhos? Resta um Crucificado. Mas fixemos bem aquele homem crucificado entre a terra e o céu, contemplemo-lo com um olhar mais profundo, e descobriremos que a Cruz não é o sinal da vitória da morte, do pecado, do mal, mas o sinal luminoso do amor, mais ainda, da imensidão do amor de Deus, daquilo que não teríamos jamais podido pedir, imaginar ou esperar: 
Deus debruçou-Se sobre nós, abaixou-Se até chegar ao ângulo mais escuro da nossa vida, para nos estender a mão e atrair-nos a Si, levar-nos até Ele", afirmou.

O Papa encerrou sua fala convidando os fiéis presentes no Coliseu e quantos acompanhavam a celebração através dos meios de comunicação a rezar:

"Iluminai, Senhor, o nosso coração, para Vos podermos seguir pelo caminho da Cruz; fazei morrer em nós o 'homem velho', ligado ao egoísmo, ao mal, ao pecado, e tornai-nos 'homens novos', mulheres e homens santos, transformados e animados pelo vosso amor".


Faça também a Via Sacra no Saber Católico


Nenhum comentário:

Postagens populares

Google Plus


Google+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...